29.12.15
Retrospectiva 2015

2015 foi um ano de muitas conquistas na vida de Bea, tanto pessoal quanto profissionalmente.
Confira tudo o que aconteceu durante o ano em nossa retrospectiva!

Todos os links abaixo contêm suas respectivas matérias.

Em Janeiro, a garota de 15 anos foi capa da revista Beyond the Stage, em que falou sobre colaboração com outro artista, o EP “Young Blood” e mais.
Os sites/plataformas de entretenimento MTV, Slacker Radio e Billboard incluíram Bea em suas respectivas listas de “artistas para ficar de olho em 2015”.
A RDIOS’ escolheu a garota para indicar as 10 músicas que ela estava ouvindo.
Ainda em janeiro, foi anunciado que “Fire N Gold” seria o próximo single da cantora. Além do anúncio, a música “Young Blood” tocou num episódio de “Chasing Life”.
Foi lançado, também, o vídeo de “Young Blood” ao vivo em New York e, é claro, não podemos nos esquecer da matéria incrível que o site Teen.com fez da Bea contando sobre o relacionamento com Demi Lovato e mais 17 segredos sobre ela.

Agora em Fevereiro, Bea foi uma das convidadas para a festa de aniversário de Maddie.
Como parte de uma das apostas da MTV, ela compareceu e se apresentou no “Artist to Watch”. I site também postou uma homenagem à Bea pelo seu aniversário (7/2).
O site PopCrush publicou um vídeo de 16 coisas que Bea fez antes dos 16 anos.
E para finalizar, o site Rolling Stone a incluiu em mais uma lista de artista que você precisa conhecer!

Já em Março, Bea liberou os nomes das faixas do álbum além de uma capa provisória e a titulação.
Para uma entrevista para o site Popdust, a garota falou sobre o álbum, fãs e turnê.
Bea fez uma apresentação no Design Lab e a música “Rich Kids” completou um ano!

Abril foi o mês em que o single “Fire N Gold” chegou as rádios americanas e os primeiros teasers trailer foram liberados.
A cantora marcou presença em duas premiações: MTV Movie Awards e “pool party” da Fifth Harmony que Bea seria uma das apresentações de abertura na turnê.

Já no início de Maio, Bea se apresentou no Sunfest e cantou músicas de seu novo álbum. Além dessa apresentação, Bea teve seu primeiro show Bea encantou os fãs com apresentação acústica e interação.
Além das apresentações, Bea foi confirmada como na série “Next Big Thing” da Radio Disney. A faixa “Force Of Nature é liberada no iTunes, houve a divulgação de que Bea participaria do Digifest, e algumas visitas às rádios como na Z100 e SiriusXM. Além das rádios, Bea se cantou seu single no programa Today Show e no USA Gym Men’s JO Nationals.
No Youtube, o vídeo em colaboração com CoverGirl para o cover de “Chains” foi liberado para o público.
E, obviamente, não podemos esquecer que o clipe de “Fire N Gold” também fora divulgado nesse mês.

Em Junho, Bea nos levou para conhecer o lugar que gosta de comer junto com AwesomenessTV.
A Billboard postou vídeos de “Fire N Gold” e “Young Blood” em seu canal. Além disso, o canal de Bea adicionou dois vídeos: bastidores do clipe “Fire N Gold” e ela contando sobre seu amor pela fotografia.
A cantora também se apresentou no festival DigifestNY e DigifestMA.
A Rádio Disney postou um vídeo de take over em que Bea responde perguntas de fãs e o primeiro vídeo do NBT foi lançado. Para finalizar o mês, Boyce Avenue lança cover de “Photograph” e “See You Again” com Bea como convidada.

Para começar o mês de Julho, prévias das faixas do álbum foram disponibilizadas para os fãs.
Houve a pré-estreia do filme “Homem-Formiga” Bea marcou presença no evento.
O famoso site BuzzFeed fez um post sobre as frases de Bea. Além disso, houve a votação do VEVO Lift.
Bea se apresentou no Common Ground Music Festival na rádio Hot 100.5 e Hot 106.1.
Foi indicada no Teen Choice Awards entrevistada pela Clevver News e Fox 47 News além de participar do desafio da música.
Mais um vídeo em parceria com Boyce Avenue foi liberado para os fãs.
Jojo Wright foi testar as habilidades de Bea no volante e numa entrevista para Idolator ela falou sobre seu álbum, casamento gay e sobre sua primeira música de amor.
A primeira noite da turnê Reflection Tour (Fifth Harmony) deu início em Louisville com Bea no ato de abertura e deu continuidade em Atlanta, Cleveland, St Louis, Rogers, Birmingham, Nashville, Jackonville e Miami, Clearwater.
Como parte do NBT, ela falou sobre sobre sua jornada em mais um vídeo.
Fez um show gratuito para Kiss 107 e transmissão online pela rádio 107.5.
Bea fala sobre seu álbum e lança vídeos da série Teen Vogue e pela rádio 101.9.

No mês de Agosto, a nossa querida Bea continuava em turnê com as meninas do 5th Harmony pela América do Norte mas também esteve no D23 Expo da Disney, evento que apresenta as próximas animações da Disney/Pixar!, no Teen Choice Awards 2015 onde ganhou a categoria Music Next Big Thing, também compareceu no Arthur Ashe Kids’ Day, ao MTV Video Music Awards 2015.
Também visitou crianças com doenças crônicas no Golisano Children’s Hospital onde fez uma pequena apresentação para os pacientes, no mesmo mês lançamos a versão 2.0 do nosso site graças ao nosso designer Alexandre Santos onde o mesmo agora também pode ser acessado por beamillerbrasil.com.
Não se esquecendo que ainda “Fire N Gold” entrou no Hot 100 da Billboard (foi a primeira entrada de Bea na lista) e foram lançados vários VEVO LIFT de Bea e vocês podem assisti-los no canal oficial da Bea ou no nosso canal com legenda!

Em Setembro, Outubro e Novembro, Billboard falou sobre Bea.
Fez apresentações no Maryland State Fair, Evans High School, Essex Homes, Back 2 School Bash, Washington State Fair, show grátis no Sky Zone, esteve no MixFest, se apresentou pela iHeart Radio e outra apresentação gratuita pela rádio 97.9.
Houve o takeover da rádio 99.7 NOW e o Q&A da revista GL Magazine.
Rolling Stone acrescentou Bea em sua lista de 18 adolescentes que estão balançando a cultura pop e o All Access Music Group publicou o 10 perguntas com Bea Miller.
Em vídeo, Bea fica chocada com mágica, lança o vídeo de Fire N Gold Tour e vídeo tour com GoPro.

25.09.15
VÍDEO: Bea Miller fica chocada com mágica

O canal no Youtube Awesomeness TV postou um vídeo em que, ainda na cidade de Dallas para a Refletion Tour, Bea conversa com Collins Key e fala sobre turnê com Fifth Harmony, o álbum “Not An Apology” e fica surpresa com mágica feita pelo entrevistador!

17.09.15
GL Magazine faz Q&A com Bea Miller no Twitter

Nesta quarta-feira (16/09), Bea através de seu twitter pessoal (@BeaMiller) respondeu perguntas enviadas por fãs que a revista Girls’ Life Magazine, onde Bea é a capa de Outubro/Novembro, selecionou. Confiram as perguntas e as respostas traduzidas abaixo:

Pergunta: Qual sua música favorita nesse momento?
Resposta: Minha música favorita nesse momento é Whiskey and You de Chris Stapleton. Uma voz poderosíssima.

P: Quem te inspira a fazer música?
R: Não é quem, mas o que está dizendo às pessoas o que elas precisam escutar quando ninguém dirá.

P: Se você pudesse comer somente uma coisa pelo resto de sua vida, o que você escolheria?
B: Provavelmente pizza porque é a única comida que eu nunca me canso, não importa o tanto que eu coma.

P: Qual seu filme de Halloween favorito?
R: Halloweentown. Que tipo de pessoa eu seria se dissesse qualquer outra coisa?

P: Qual seu item favorito de seu guarda-roupa?
R: Minha calça de moletom porque ela é confortável e eu sempre a uso no soundcheck.

P: Qual programa infantil você gostaria de trazer de volta?
R: Essa é uma pergunta injusta porque têm muitos que eu sinto falta, mas definitivamente seria That’s So Raven.

P: Qual conselho você daria aos seus fãs?
R: Não deixe ninguém mudar o que você é, não importa o quanto eles tentem de deixar para baixo. Somente você pode ser você.

P: Se você pudesse ouvir somente um álbum pelo resto de sua vida, qual seria?
R: Birthdays de Keaton Henson. Esse álbum me tem através de cada dia ruim que eu tive desde o lançamento.

P: Se você pudesse ter um super-poder, qual seria?
R: Toda vez que eu digo isso eu penso se me arrependeria se eu realmente o tivesse, mas seria ler mentes.

P: O que sempre te faz sorrir?
R: Essa resposta é óbvia, mas meus fãs, meus amigos, minha família e meu namorado sempre me fazem sorrir.

21.08.15
VÍDEOS & FOTOS: Bea Miller na rádio 97.3 Now

Sempre que há um espaço entre um show e outro, rádios americanas recebem Bea em seus estúdios para entrevistas e apresentações acústicas. Dentre elas, a rádio 97.3 NOW na cidade de Milwaukee, WI.

Setlist
Young Blood
Fire N Gold

16.08.15
Reflection: The Summer Tour – Las Vegas, NV

Partindo para o estado de Nevada, a cidade de Las Vegas recebeu mais um show da Summer Reflection Tour que contou com uma fã brasileira – e paçocas (que foram elogiadas!).

Local do show: Pearl Concert Theater at Palms @ Las Vegas, NV
Data: 13 de agosto
Preço do Meet: $50.00 (cinquenta dólares)

Para conferir a data dos outros shows, dê uma olhada no widget no lado direito do site!

Meet & Greet

No palco

Setlist
Dracula (Intro)
Perfect Picture
Rich Kids
Young Blood
Chains (Cover)
Fire N Gold

Em breve vídeos completos

09.08.15
AskAnythingChat: Respostas

Nesse vídeo, Bea responde as perguntas que foram enviadas pelo site do Saturday Night Online.

04.08.15
Bea Miller não se desculpará

Levou alguns anos, mas The X Factor pode ter rendido outra estrela. Quando o álbum de Bea Miller, “Not An Apology”, estreou em #7 nessa semana na Billboard album charts, a cantora de 16 anos superou as projeções iniciais de sua gravadora Hollywood Records.

Miller vendeu 24,000 cópias de seu álbum de estreia, de acordo com Nielsen Music, e seu single atual, “Fire and Gold”, somente agora está saindo da Radio Disney para o Top 40 das rádios.
Miller, que atualmente está em turnê com Fifth Harmony, recentemente falou com o USA Today sobre aprender a se comprometer ao fazer um álbum, sua estratégia de mídia social e o título original que ela queria para “Not An Apology”.

Você não parece alguém que gosta de recuar. Mas você também é uma adolescente que estava fazendo seu primeiro álbum com pessoas mais experientes. Como você lidou com isso quando encontrou com eles?

Uma vez que eu tomo uma decisão, é difícil para mim ouvir a opinião de outra pessoa. Eu tomo uma decisão e fico tipo, “É isso. Eu pensei muito sobre isso, e é exatamente o que tem que acontecer.”

Quando você é esse tipo de pessoa e tem esse tipo de pensamento, é difícil concordar com outra pessoa. Uma coisa que eu tenho aprendido como fazer recentemente é me comprometer e ouvir ideias de outras pessoas. Eu posso deixa-los me convencer, uma vez que eu tenho minha opinião sobre algo, que eu na verdade não estou correta e que nós podemos fazer algo melhor do que eu pensei.

Fica difícil algumas vezes porque eu passo muito tempo me focando em mim, no que eu quero, em quem eu sou e no que eu quero dizer, e nem sempre na melhor maneira possível de dize-las as pessoas. Teve muito comprometimento, mas nós nos saímos bem, eu acho.

“This Is Not An Apology” foi uma batalha que você venceu. A música não era para estar no álbum, mas acabou sendo o nome do seu álbum também.

Essa foi uma batalha que eu perdi, na verdade. Eu não queria nomear o álbum depois de uma música, eu não gosto disso. Tem muitas maneiras criativas de nomear um álbum. É copiar-colar, honestamente.

Eu fiquei contra eles por muito tempo: “As pessoas pensarão que nós o nomeamos depois da música, e nós não o fizemos, então é uma coisa totalmente diferente.” Eu acho que, na verdade, eu estava certa porque as pessoas pensam que essa é a música que deu origem ao nome do álbum, mas não foi.

“Not An Apology” é um bom título porque eu falo o que penso mais do que os adolescentes comuns fazem, e eu não me desculpo por ter uma opinião e usar palavras fortes para descrever coisas e falar como eu me sinto. Eu acho que é um bom nome, mas definitivamente não foi nomeado após a música porque a música é sobre uma separação de saco cheio.

Se você tivesse sido deixada fazer seus próprios esquemas, qual seria o nome do álbum?

Foi a tanto tempo que, olhando para trás, eu entendo porque não foi uma boa ideia. Eu quis pôr Sweet Words From a Serpent’s Tongue, que é um dos versos de “Enemy Fire”.

Eu gosto de títulos longos: muitas lendas da música tiveram os títulos longos. Mas me disseram “É longo, seria confuso.” Tanto faz. Eu quis ir com algo nesse sentido, uma letra ou alguma coisa que não fosse um título de álbum. Mas “Not An Apology” não foi nomeado após a música: eu gostaria de deixar perfeitamente claro.

Você estava doente na noite que gravou “Paper Doll”, mas você tem tido que essa é sua música favorita do álbum. Você a ouviu e pensou, “Eu teria cantado melhor se eu estivesse melhor” ou “minha voz estava confusa o suficiente aquela noite que fez essa música soar melhor”?

Eu acho que estava confusa o suficiente que fez soar melhor. Eu já tenho uma voz baixa e rouca para uma menina. Quando eu estou doente, soa mais rouca ainda.
Eu não estava tão mal ao ponto de vomitar e me sentir realmente horrível como se eu não pudesse trabalhar. Era mais como um resfriado. Então minha garganta estava seca, meu nariz estava escorrendo e eu não estava no meu melhor. Mas como minha voz estava mais rouca do que normalmente, soou mais legal.

Eu também estava triste quando gravei aquela música porque é uma música que mexe com as emoções. Eu acho que a combinação das duas coisas foi muito interessante.

Sua presença de mídia social é muito pesada. Você dá aos seus fãs muitas informações sobre sua vida. É estranho quando você fala com um estranho e você se dá conta que ele sabe que você nomeou o seu peixinho depois da família Obama ou que você se assusta quando está segurando um balão e olha para ele acima da sua cabeça?

Na verdade, eu não acho que é estranho. Eu acho legal. Eu queria saber muitas coisas estranhas sobre meus fãs. Claramente teria muitas informações e eu não seria capaz de memorizar todas.

É a chave para a parte humana se interagir, saber detalhes interessantes sobre eles e coisas que diferencia as pessoas, ao invés de focar em “O que você faz para viver?” ou “Qual sua cor favorita?”. Eu acho legal o fato de meus fãs saberem mais sobre mim do que outros fãs sabem sobre seus ídolos.

Fonte: USA TODAY

03.08.15
“Fire N Gold” entra na Billboard Hot 100

“Fire N Gold” se torna a primeira entrada de Bea Miller na Billboard Hot 100.

Graças ao seu álbum “Not An Apology,” Bea Miller pontua seu primeiro álbum no Top 10. A jovem artista o estreou em #7 nessa semana na Billboard 200.

Graças ao seu atual single “Fire N Gold,” Bea Miller marca seu primeiro hit na Hot 100. Beneficiado por uma semana de grandes vendas, a música está em #78 na Billboard All-Encompassing Songs chart.

O single, que atualmente está no Top 50 do pop radio, apareceu em #17 na semana passada no Bubbling Under Hot 100 chart.

O single anterior “Young Blood” também atingiu o Bubbling Under chart, mas fracassou em avançar no atual Hot 100.

Fonte: Headline Planet

29.07.15
Teen Vogue entrevista Bea Miller

Você provavelmente já conhece Bea Miller. Seja pelo seu tempo no X Factor, sua propagação na nossa edição de música de Maio, ou por estar constantemente nos trends do Twitter, é por uma boa razão: sua música é boa. Tão boa que o seu primeiro álbum “Not An Apology” saltou para os charts antes mesmo de ser lançado na sexta passada.

Quando nos encontramos com a garota de 16 anos e falamos sobre seu álbum e vida no centro das atenções, uma coisa se tornou bem clara: essa garota vai continuar sua jornada direto para o topo.

Ouça o mashup de Not An Apology:

Teen Vogue: Qual é a sensação de finalmente ser capaz de lançar seu álbum de estreia, especialmente quando ele já está nos charts?

Bea Miller: Estou inacreditavelmente feliz que meu álbum finalmente estreou porque eu tenho trabalhado nisso por dois anos e meus fãs tem esperado por isso por muito tempo. Estou animada porque eu posso da-los o que eles estiveram esperando.

TV: Qual música é sua favorita?

BM: Minha música favorita do álbum é “Paper Doll” porque eu acho que tem uma mensagem que muitas pessoas precisam ouvir, e é sobre algo que muitas pessoas tem dificuldade. Mas eu não me vitimizo na música e não permito que a pessoa que está tentando me intimidar, consiga fazer isso.

TV: Você acha que alguma coisa em seu álbum vai surpreender os fãs?

BM:
Eu tenho sido honesta com eles, meus fãs me conhecem muito bem então eu não acho que algo vá os surpreender nesse ponto. Eu tenho sempre os tido exatamente o que está acontecendo na minha vida e na minha cabeça, e por causa disso, eu não acho que algo é uma grande surpresa para eles mais.

TV: Suas músicas refletem coisas que estão acontecendo em sua vida?

BM: Se eu não escrevo a música, eu apenas a gravo quando é tocada para mim pela primeira vez e me conecto com ela, se estou qualificada para ela, e se tenho uma conexão forte com a letra.

TV: Qual é a única coisa que você quer contar para as pessoas que não acreditaram em você, e uma coisa que você quer dizer para aqueles que o fizeram?

BM: Para os meus haters: Eu não tenho nada a dizer para vocês; vocês podem ver o quão longe eu fui sozinha. Para todos aqueles que me apoiaram: obrigada, e eu nunca irei parar de tentar retribuir vocês por todas as coisas que me fazem todos os dias.

Fonte: Teen Vogue

24.07.15
VÍDEO: Bea Miller fala sobre seu álbum “Not An Apology”

Bea Miller revela como escolheu o nome e fala sobre as músicas.

Layout criado e desenvolvido por Lannie.D // Bea Miller brasil